Somos todos Geek’s

Alrely 08/1/2018

GEEK_LOVE_1397567729B-horz

Oi genteee!!

Existem diversas vertentes literárias e eu resolvi destacar alguns livros para emponderar a força dos geeks!  Confere só as indicações abaixo!

Começando com O Manual da garota geek – Tudo de que uma garota nerd precisa saber para O_MANUAL_DA_GAROTA_GEEK_1427215771441835SK1427215771Bdominar o mundo, foi escrito por Sam Maggs e publicado pela editora Gente em 2015. Esse guia se torna especial por conta daquilo que nos faz incríveis: nossas paixões. Embora o restante da humanidade acredite que as geeks são pessoas muito estranhas, a verdade é que apenas amamos e nos envolvemos demais com as melhores coisas da vida. Não importa o que você ame – quadrinhos, seriados de ficção científica, literatura juvenil –, se acabou de chegar ou se adora há anos, para ser uma garota geek o importante é amar. Desde aprender a iniciar um blog legal sobre seus hobbies, planejar o próximo cosplay, organizar um evento geek ou simplesmente entender que tipo de nerd você é.  Nota: é bem-humorado, leve e quebra com alguns paradigmas.

Pra quem é mais romântico, no livro Geek Love – O manual do amor nerd, publicado pela editora Gente em 2014, o autor Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros. Descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos. Nota: Ame!

timthumbGeek love, escrito por Katherine Dunn e será relançado esse ano pela editora Darkside, é um dos livros favoritos de Neil Gaiman e Kurt Cobain (dá pra perceber que é antigo). É o fenômeno literário que inspirou a edição original do Lollapalooza e a série American Horror Story. O livro conta a história do circo de horrores da família Binewski. Para atrair público, o casal decide gerar suas próprias aberrações, tomando substâncias tóxicas e radioativas para dar luz à crianças “fora do normal”. Elly e Iphy são gêmeas siamesas, Oly é uma anã albina e corcunda, Arturo tem nadadeiras no lugar dos membros e Chick é dotado de poderes telecinéticos.
Um marco da cultura pop, é o romance mais importante de Katherine Dunn, por não tem pudores ao questionar o que é bizarro e normal, belo e feio, sagrado e obsceno. Amor e ambição, preconceito e pertencimento: os eternos conflitos familiares ganham novas dimensões com os personagens inesquecíveis desse clássico moderno. Nota:  Foi lançado originalmente em 1989, muitos o consideram o filme que Tim Burton não lançou.

 

Em Tudo que um geek deve saber?, publicado com o selo Novas Ideias da editora Novo Conceito em 2015, o tudo-que-um-geek-deve-saber-frente_1.jpg.1000x1353_q85_cropautor Ethan Gilsdorf conta não somente a sua história, mas a da cultura pop. Jogador, na adolescência, de Dungeons & Dragons e fã de J. R. R. Tolkien, ele pegou a estrada para ir ao encontro de sua família . Nesse incrível tour, o autor viaja para a cidade natal do criador de D&D, Gary Gygax, veste uma fantasia para participar de um RPG e usa trajes medievais para encenar uma guerra em um encontro de nerds. Ao longo de sua jornada, Ethan ainda visita as obras do castelo francês Guédelon, uma incrível fortaleza medieval que está sendo construída hoje com os mesmos recursos utilizados no passado, e viaja para a Nova Zelândia, onde conhece as locações das filmagens de O Senhor dos Anéis. Nota: todos temos vontade de conhecer todas as referências de nossas paixões, através da leitura podemos acompanhar o autor na incrível jornada de sua vida, vale muito a pena.

 

Por fim, mas não menos importante, temos O curioso livro dos geeks, publicado em 2011 pela editora Leya. O autor Ken Denmead fala sobre a geração de pais atualmente, que cresceu com mais contato com a tecnologia que nenhuma outra antes dela. Em vez de jogar futebol na rua, a maioria deles cresceu diante do computador, jogando RPG e assistindo a Star Wars. E agora, com seus próprios filhos, esses pais da era digital estão em busca de novas maneiras de compartilhar seu amor pela ciência e pela tecnologia, e ajudar seus filhos a desenvolver uma paixão pelo conhecimento e pela diversão. Por isso, o autor criou este fantástico guia para ajudar pais e filhos a compartilhar momentos mágicos em que adultos voltarão a ser crianças e uma nova geração de geeks será formada. Nota: aos papais de plantão é uma boa pedida para atividade com seus filhos(as). Muito criativo e educativo.

E aí?? Gostaram? Me conta sobre algum livro que te marcou por demais! Até a próxima!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *