Resident Evil: uma franquia de sucesso

Hévila Mendes 12/13/2017

Uma franquia com 38 (TRINTA E OITO) jogos… isso mesmo, Resident Evil possui 38 jogos (incluindo os remakes, spin-off e edições especiais), com 97 personagens, se firma como a maior franquia de jogos denominado de Survival Terror (gênero ação/aventura, no qual o tema é terror e sobrevivência).

Mas qual o segredo do sucesso? É simples: A CONSTRUÇÃO DO INICIO! A franquia atualmente possui 9 jogos da série principal, 4 da série Gun Survivor, 2 Outbreak, 2 Chronicles e 2 Revelations. Vamos trazer o que a franquia tem de melhor em sua séries de sucesso. E é claro que vamos para o início de tudo!

Imagem relacionada

           fonte: web

O primeiro jogo Resident Evil (Biohazard no Japão) veio ao mundo em 22 de março de 1996, inicialmente para Playstation. A ideia de RE 1 era simplesmente sair vivo da mansão cheia de zumbi, montado inicialmente com uma pistola e um canivete “que eu chamo de PRA QUE?” (outras armas são encontradas ao longo do jogo), onde era possível salvar o progresso em uma maquina de escrever. Isso em 1996 era algo fabuloso, saia da linha de “guardar o password” em caderno especifico (SIM, VOCÊ TAMBÉM TINHA UM) e quem jogou sabe os sustos que a gente tomava ao longo da sofrida e longa tentativa de sair dali.

Foi nesse game que conhecemos os três personagens fundamentais para os jogos, Chris Reidfield, Jill Valentine e o miserável Albert Wesker, e também fomos apresentados a UMBRELLA Corporation e o grupo S.T.A.R.S. No inicio do game podemos escolher entre Jill e Chris, onde os trajetos e desafios mudam de acordo com sua escolha, fazendo com que o jogo fosse um dos primeiros a trazer uma protagonista para jogos de terceira pessoa (é possível ver todos os personagens por cima enquanto eles se movem pelo cenário).

Imagem relacionada

                          fonte: web

O segundo (e porque não O melhor) jogo da franquia, surgiu em janeiro de 1998 com tudo que funcionou em RE1 adicionado a exploração de mapa, quebra-cabeças (chamados de puzzles) e combate. Nesse game conhecemos a cidade de Raccon City, e mais dois protagonista da franquia: Leon S. Kennedy e Claire Reidfield.

Semelhante ao RE1, podemos selecionar com qual dos protonistas podemos jogar e é claro, que apesar das histórias se conectarem, cada um tem sua parcela de importância para o conteúdo final. Jogando com Leon, conhecemos aquela que rouba a cena e o coração do protagonista, Ada Wong, uma relação de amor e ódio que criamos por ela nasceu nesse game. Enquanto na rota de fuga de Claire e sua busca pelo seu irmão (Chris), nos deparamos com a misteriosa, porém fofa, Sherry Birkin.

O jogo foi um sucesso imenso e considerado um dos melhores da franquia, em seu lançamento foi considerado o jogo eletrônico mais vendido na América do Norte, chegando a vender 380 mil cópias e 19 milhões de dólares para a CAPCOM em UMA SEMANA. Já imaginou um jogo ultrapassando a receita de filmes Hollywoodianos? Pois bem, RE2 conseguiu esse feito! Tudo isso fez com que ficasse em 4° lugar no TOP 5 dos melhores jogos para Playstation pela Famitsu.

Resultado de imagem para resident evil 2

                         fonte: web

“S.T.A.R.S” é o que marca Resident Evil: Nemesis (RE3). Esse é o trauma de qualquer adolescente, trazendo um dos melhores e imorriveis vilões de qualquer jogo eletrônico, estamos falando de Nemesis. O enredo trás de volta a Jill Valentine para Raccon City, onde diferentes dos anteriores ela é a “única” protagonista do game (além de uma pequena parte onde jogamos com Carlos Oliveira para salvar nossa linda protagonista.

Resultado de imagem para resident evil 3

                          fonte: web

Lançado em 22 de setembro de 1999, mais uma vez o jogo foi aclamado pela crítica, porém com um ponto negativo: o jogo é relativamente curto. RE 3 era um jogo de matar a pessoa do coração pois como diz a Official UK PlayStation Magazine, o primeiro encontro com o Nemesis é chocante, enquanto a Computer and Video Games observou que a criatura aumenta o nível de tensão “para um grau de loucura; você nunca sabe quando ele vai aparecer e causar o caos”. Mais um ponto para a CAPCOM que trás as melhores características de seus antecessores e adiciona alguns novos elementos emocionantes.

Resultado de imagem para resident evil 3 gif

Essa era a hora de infartar ¬¬

De 2000 a 2004 foram lançados 9 jogos, dentre eles Resident Evil 1 foi relançado e mais uma vez um sucesso de vendas. A qualidade dos gráficos foi melhorada, e o remake também apresenta novas mecânicas de jogo, quebra-cabeças revisados, áreas exploráveis ​​adicionais, um roteiro revisto e novos detalhes da história, incluindo toda uma subtrama cortada da versão de 1996.

Encerrando os jogos do tipo terceira pessoa de sucesso de Resident Evil temos o Code Veronica (também conhecido com uma adição do X). Lançado em 2001 (cada mês saia uma versão ¬¬) é aqui que surgiram alguns problemas de jogabilidade: câmera fixa (que atrapalha em alguns momentos), a transição dos cenários com portas e escadas são lentas demais chegando a ser irritante. Mas é claro que isso não foi um problema para o game ser mais um sucesso e inovador em vários outros aspectos: história incrível, a volta de Chris e Claire na trama, uma trilha sonora perfeita e acredite, foi o primeiro jogo a ter movimento de face e labial da franquia.

Resultado de imagem para resident evil code veronica

                          fonte: web

RevisãoYuri Max

 

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *