Jon Kent, o novo Superboy!

Penelope Guimaraes 08/10/2017

A DC Comics sofreu uma grande mudança em 2016. A nova fase Renascimento veio para tentar corrigir algumas sequelas dos Novos 52. Sendo assim, velhos heróis reapareceram e novos heróis surgiram (e alguns simplesmente sumiram). E dentro desses heróis, somos apresentados ao mais novo filho da DC: Superboy! Claro que o Superboy não é um personagem exatamente novo. Criado originalmente em 1945, ele era apenas a versão do Superman quando mais jovem em Smallville, lutando contra o mal. Após a Crise nas Infinitas Terras, em 1985, Superboy saiu da linha temporal regular, pois ficou preso com Superman e Alexander Luthor na Aurora dos tempos. Em 1993, uma nova versão do Superboy foi lançada: Kon-el, adotando posteriormente a identidade de Conner Kent, um clone com DNA de Clarck Kent e Lex Luthor. Essa versão foi mantida (com algumas mudanças e mortes durante as crises) até o fim dos Novos 52, onde ele saiu, dando lugar ao mais novo Superboy: Jon Kent.

 

superman-introduces-superboy

 

Jonathan Samuel Kent, filho de Clark e Lois da Terra 2, surge com todo seu encanto e fofura, digno do filho do escoteiro americano da DC. Assumindo o manto de Superboy, Jon, agora com dez anos, luta contra o mal ao lado do pai para aprender como controlar e desenvolver seus poderes. Mas, onde estava esse garoto todo esse tempo? Afinal, ele já tem dez anos e ninguém sabia de sua existência? Vamos voltar alguns anos. Sua primeira aparição foi durante a minissérie Convergência: Superman #2, de 2015, onde presenciamos seu nascimento, e sua história é contada na série Superman: Lois e Clark. Durante todo o período do início dos Novos 52 (um período de seis anos desde a revelação de heróis para o mundo) até o início do Renascimento (mais três anos após os Novos 52), eles viveram em segredo na Terra 0 (ou Nova Terra), já que a Terra 2 que eles conheciam não existia mais. Após o Superman da Terra 0 morrer, Clark se sente na obrigação de tomar seu lugar, e seu pequeno herdeiro não quer deixar de participar das aventuras do pai.

Mas, por que este Superboy é tão especial? Bem, a dinâmica pai-filho funcionou muito bem para a dupla dinâmica de Gotham, com Bruce e Damian, então, como o veterano de todos os super heróis ainda não tinha um filho também? Logo, conhecemos Jon, que é uma miniatura de Clark em seu tempo em Smallville: não sabia que tinha poderes até precisar usá-los; tem problemas na escola com os garotos, sofrendo bullying por ser muito “irresponsável”; tem dificuldades de concentração na aula, entre outros detalhes. E após começar a sair em missões com seu pai, a relação entre eles fica bem mais complicada, já que Clark super protege Jon, com medo que seu filho cresça rápido demais ou se machuque, regulando seus poderes. Além de tudo isso, o Superman tem que ensinar ao filho o verdadeiro valor de ser “Superman”. Não são apenas poderes e salvar o dia, mas ter honra, integridade e fazer a coisa certa, enquanto Jon tem que lidar com as frustrações das limitações de seus poderes para proteger sua identidade secreta e carregar tamanho legado.

 

Superman-Lois-and-Clark-2015-008-023

 

Vale ressaltar a importância desse personagem no resgate de um clássico das histórias em quadrinhos, com um Superboy ainda criança, não mais o adolescente irritado, apenas tentando entender o que está acontecendo com ele e seu poderes recém descobertos, enfrentando desentendimentos com os pais e entrando em muitos problemas com seu mais novo “amigo” e companheiro de enrascadas: Damian Wayne, vulgo, Robin. E diferente de Damian, que nasceu para o combate, Jon encara todo um processo novo de adaptar-se ao seu mesmo velho mundo, mas agora com uma perspectiva nova de ser diferente de todas as crianças que ele conhecia até o momento. Afinal, quantos “super filhos” existem?

 

supersons

E quase todas as novas histórias do Superman Renascimento tem como embasamento sua aceitação pelos outros heróis desse mundo e a proteção e educação de seu filho para que possa se tornar um herói responsável e decente. Assim como Damian Wayne, Jon chegou para fortalecer a relação entre crianças e adultos, pais e filhos no universo dos quadrinhos e dos fãs.

É possível acompanhar as aventuras do novo Superboy nas histórias do seu superpai, nas edições de Superman Renascimento e Action Comics, e acompanhado do seu “aminimigo” Damian em Supersons (ainda não disponível no Brasil nas bancas).

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *