Indicações Março 2018

Alrely 03/30/2018

Oi genteee!
Esse mês, como todos sabem, no dia 08 foi o dia internacional da mulher. E é por isso que venho a vocês com algumas indicações que engrandecem o poder feminino sobre a humanidade.
Quem precisa de príncipe encantado pra alguma coisa? O livro A princesa salva a si mesma neste livro fala46795609 sobre sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Uma obra que ressalta o amor, a perda, o sofrimento, a redenção, o empoderamento e a inspiração. Dividido em quatro partes (‘A princesa’, ‘A donzela’, ‘A rainha’ e ‘Você’), combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Escrito por Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur (é muito bom, por sinal), com o qual compartilha uma linguagem direta, em forma de poesia com temática contemporânea (para +18). A autora, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética com certos tons de intimidade e momentos de nosso cotidiano que faz você se tornar parte daquilo que está lendo, como um espelho refletindo sua coragem, seus medos, a delicadeza, os tormentos diários, mas nunca a fraqueza de ser mulher!
Super indico o livro Como ser mulher! É um livro sobretudo de humor e 30181875militância, onde a jornalista Caitlin Moran rememora suas experiências mais marcantes como mulher, da adolescência à maturidade, e busca abrir um novo caminho para o feminismo ao tratar de temas caros à mulher moderna. Tudo se inicia num péssimo aniversário de treze anos; ela ainda fala sobre adolescência, o trabalho, o machismo, alguns relacionamentos, amor presente na vida de toda mulher, sexo sem tabus, o peso que faz parte de nossas preocupações diárias, a maternidade, o aborto, moda, compras e modelos de comportamento, mas sempre com um olhar crítico e muito humor (que é o jeito que levamos a vida, né). É uma mistura de memórias com manifesto feminista, onde as mulheres podem reconhecer coisas que fizeram, pensaram e disseram.
Pra fechar com chave de ouro: #GirlBoss! Teve até uma série na Netflix sobre Sophia Amoruso, vale a pena também pra conhecer a história surpreendente dela. download (1)Mas eu te conto uma parte! Ela passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos, havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela se tornou a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos, como TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) e alguns distúrbios; e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Mostra como uma mulher se tornou uma lenda no ramo do empreendedorismo, por simplesmente achar sua vocação e canalizar sua energia nisso!

 

Bem, eu espero que tenham gostado das indicações deste mês! E qual seu livro inspirador?

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *