Império Secreto nº1

Antonio Teodoro 09/28/2018

CAPA_Imperio_Secreto_001-670x1024

            Império Secreto Nº 1.

SALVE A HIDRA! Assim começaram os eventos que desembocaram numa das sagas mais comentadas (e controversas) do ano passado nas terras do Tio Sam: Império Secreto. A saga do Capitão América “nazista”, ou melhor, da Hidra.

Império é a nova série da Marvel publicada no Brasil pela editora Panini (no momento que estiver lendo essa resenha, você já encontra o nº 2 nas bancas), uma narrativa que vai mexer com todo o universo da Casa das ideias. Mas espera aí! Que conversa é essa do Capitão América ter se “bandeado” para o lado da Hidra? Como o maior símbolo do patriotismo americano (nas hq’s da Marvel) pode ser um agente da maior agência terrorista dos E.U.A.? Aqui no Brasil tudo teve início na Vingadores nº 08 (Jun/2017) no especial “Vertentes” que alternou com a mensal do Capitão por 03 meses/edições. O plot da história tratava de um programa de reintegração de supervilões onde os mesmos tinham suas vidas apagadas e reescritas por um Cubo Cósmico consciente. Instituído pela Shield, esses criminosos passavam a viver em Pleasant Hill, acreditando serem pacatos cidadãos morando numa tranquila cidadezinha americana. Após uma rebelião liderada pelo Barão Zemo, o projeto veio abaixo e um idoso Steve Rogers (nessa época os efeitos do soro do supersoldado haviam sido revertidos e Steve voltou a sua idade original), Maria Hill (diretora da Shield) além de vários agentes foram feitos de reféns. Numa luta entre Steve e o Ossos Cruzados, onde o Capitão por suas condições físicas levava a pior, o mesmo é rejuvenescido por Kobik (o tal Cubo Cósmico consciente), vence o embate e ajuda os Vingadores a conter a rebelião. Tudo levava a crer que Kobik só havia restituído a juventude do Capitão, até que a partir do nº 07 de sua revista mensal (set/2017) começamos a tomar conhecimento que Rogers era um agente da Hidra. E o pior: DESDE SEMPRE! Ao longo dos meses ficamos sabendo que o Cubo Cósmico não só restabeleceu a vitalidade do heroi como refez completamente sua realidade. Tudo resultado de um vaidoso plano do Caveira Vermelha que queria o Capitão sob o seu jugo. O problema é que Steve, nessa nova realidade, representava uma Hidra muito mais antiga e comprometida com ideais diferentes dos do Caveira. E traçou um meticuloso plano de conquista que nos leva a Império Secreto.

Esse primeiro volume conta com quatro edições que saíram lá fora em Secret Empire nº 0, Free Comic Book Day 2017, Empire Secret nº1 (todas escritas por Nick Spencer e desenhadas respectivamente por Rod Reis/Daniel Acuna, Andrea Sorrentino e Steve Mcniven) e Brave New World nº1 (aquele tie-in de praxe que destoa completamente do restante da edição).
Caso não esteja acompanhando a mensal do Bandeiroso, essa edição perde um pouco do seu impacto… Você perdeu a “escalada” do Capitão para chegar até aqui. MAS… Esse nº1 te dá , por outro lado, o exemplo claro de como Steve chega nesse ponto. O estrategista que habilmente derrotou e subjugou todos os seus oponentes. Tomou o poder de um dos países mais poderosos do mundo de maneira “lícita”.

      De certo, ao longo desse ano, do lançamento americano até o aporte nacional da história, você deve ter ouvido\lido muita coisa sobre essa saga. Principalmente críticas negativas. Uma coisa te digo: leia! Dê-se a chance de criticar por ter lido. Até aqui esse arco do Capitão da Hidra tem-se mostrado uma grata surpresa. Nick Spencer (o autor) ao mostrar tudo o que Steve Rogers pode fazer sem se conter, sem freios ou compaixão, só nos demonstrou o grande personagem que após tantas décadas ainda pode render grandes histórias. Tocando em assuntos tão pertinentes e necessários nesses tempos nos quais vivemos um levante mundial de uma direita mais radical. Spencer nos convida a refletirmos sobre a radicalização das ações disfarçadas em discursos em prol de benefícios para uma “maioria”. Império Secreto e a mensal do Capitão tratam desses assuntos. Confere lá!

Império Secreto nº1
Ed. Panini
100 pgs R$ 15,90.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *