Crítica – Thor: Ragnarok

Hévila Mendes 10/26/2017

Resultado de imagem para thor ragnarok capa facebook

 

Já adiantando que não temos SPOILERS no texto!

Como eu queria que esse fosse o primeiro filme!! Tente esquecer os erros dos filmes anteriores. Com a dose certa de humor – sim, Ragnarok não é esse absurdo de comédia – o filme do Deus do Trovão é um espécie de Redenção.

Primeiro quero agradecer a Marvel por não entregar toda a história da trama nos trailers. Sério, obrigada! Um erro foi corrigido e tirado do meu caderninho.

Voltando ao longa, uma coisa que chamou atenção é que o filme, além de ter duas cenas pós-créditos (uma insignificante), é  uma cena pré-filme. Sim isso mesmo que você está lendo! Não vou contar do que se trata, mas a curiosidade aumenta com esse material mostrado!

Com três atos, o roteiro é clássico e comum: um mal personificado, a vilã chega toca o terror e o protagonista(com uma ajudinha dos amigos) tem que resolver e destruí-la. De modo geral, tudo acontece de forma sincronizada como se tivesse montando um quebra-cabeça: música, cenas de ação fotografia são pensadas e calculadas para acontecer no tempo certo e na medida certa.

 

Imagem relacionada

 

Chris Hemsworth como Thor tem sua melhor performance, usando uma das suas qualidades: o Humor. Ele não é o “playboy” procurando um lugar para se encaixar como nos filmes anteriores, pelo contrário, ele finalmente tem uma postura e MUITO PODER, não é atoa que leva o nome de Deus do Trovão. Aqui é a provação e redenção do único vingador que ainda não tinha seu lugar e até mesmo respeito dos fãs. Falando em fã, não sei se os antigos irão aprovar esse novo Thor, mas vamos tentar abrir a cabeça para ele. Vai por mim!

Imagem relacionada

 

Nos é mostrada Hela fielmente em seus traços, ruindade e a melhor vilã do UCM (Universo Cinematográfico da Marvel) até o momento. Sua origem, motivo e ambição são construídas pela bela Cate Blanchett (QUE MULHER, excelente escolha). O que era de se imaginar, acontece mais uma vez: no final você não imagina ninguém melhor para interpretar a que até o momento se torna (finalmente) o que sempre esperamos de um vilão.

 

Imagem relacionada

 

Tom Hiddleston como Loki apenas nos mostra novamente o que deu certo em todos os filmes que representou o Deus da Trapaça, porém em Ragnarok ele é peça fundamental mas não rouba a atenção para ele (um ponto positivo para o roteiro), até alguns momento surpreende e amolece seu coração de gelo. A atriz Tessa Thompson, como Valquíria é OK: marenta, ignorante e alcoólatra (pois é). Eu realmente esperava um pouco mais de participação da Valquíria mas ela é apenas uma ponte para a conexão do primeiro com o segundo ato.

 

Imagem relacionada

 

Ainda sobre as interpretações, Mark Ruffalo nos mostra que é possível sim amar ainda mais o HULK. Por mais que você renegue, Sim você foi ou irá pelo Gigante Esmeralda. E vai por mim você não se arrependerá de ver o Vingador Mais Poderoso com relação à atuação, carisma, humor, fúria e músculos (tem até NUDES). O Hulk flui com o contexto e não importante mas é essencial. Porém o segundo ato, a qual o Herói surge, que os pontos negativos aparecem.

Resultado de imagem para thor ragnarok hulk

 

Thor Ragnarok possui duas horas e dez minutos. Mas estender a tentativa de adaptar do Planeta Hulk no segundo ato foi uma escolha errada do Roteiro, onde ter entregue um filme curto e coerente com os principais pontos e essenciais para a trama escolhida poderia ter sido o melhor caminho. Cenas desnecessárias, um Grão Mestre sem nenhuma importância (inclusive chega ao ridículo)… Por quê sem or ?!

 

Imagem relacionada

 

Mas nem tudo foi de se jogar fora no segundo ato, podemos até perdoar (Bem pouco) devido às inúmeras referências trazidas: Personagens, Frases, DéJá Vu’s (não posso falar muito).

É um filme, Ponto! Não supera alguns já lançados, mas não decepciona. Vale o ingresso. Em 3D a experiência é apenas para melhorar a riqueza de detalhes da fotografia, mas em 2D vale a pena também.

Nota: 8 Xícaras.

 

Imagem relacionada

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *