Conheça os artistas selecionados para participar do primeiro Artist Alley da Bienal do Livro de PE

Dany Souza 10/2/2017

Intro

Hoje em dia, com a popularidade do formato e a praticidade e procura do público consumidor em torno de seus ídolos do mundo da arte, o Artist Alley está se tornando cada dia mais frequente em eventos regionais e nacionais. Não é raro encontrarmos um Alley em eventos de bancas e comics shops, até mesmo em shoppings. Artist Alley é um fenômeno que dificilmente será superado graças à grande procura pela valorização do artista.

 

Neste sentido, temos a honra de apresentar a todos o primeiro Artist Alley da Bienal do Livro de Pernambuco, onde estes artistas terão um espaço para expor seus trabalhos e interagir com o público, seja com um bate papo ou mesmo a venda de prints, sketchbooks e trabalhos autorais.

 

Saibam quem são os escolhidos para integrar o primeiro Artist Alley da Bienal do Livro de PE:

 

Thony Silas e Eron Villar

silas_villar1 arte selecionados1

 

Thony Silas:

 

Um dos mais promissores ilustradores da nova geração, o jovem pernambucano Thony Silas, iniciou sua carreira como auxiliar de ilustrador em 2002, em Recife. Quatro anos depois, teve suas primeiras oportunidades ilustrando para pequenas editoras internacionais. Em 2012 teve seu primeiro trabalho publicado pela Marvel Comics, no título “Amazing Spider-Man: Ends of the Earth“. Daí por diante sua trajetória profissional só cresceu: ilustrou seis edições na revista “Venom“, três edições da minissérie de Daredevil: Dark Nights, simultaneamente ao primeiro trabalho pela DC Comics com Batman Beyond 2.0, concluído em outubro de 2014. Em julho de 2015 a convite do diretor Bruce Timm, pai da animação do universo DC Comics e Warner Bros ilustrou a animação Justice League: Gods and Monsters, e continua ilustrando publicações importantes do universo dos quadrinhos como Capitain Marvel e Mosaic. Em paralelo começou a desenvolver personagens e universos de própria autoria, que culminaram no desejo de institucionalizá-los através da criação de uma produtora de conteúdo multimídia: Ueon Productions.

 

Eron Villar:

 

Dono de uma dramaturgia singular, condensa em suas obras todos os seus talentos de iluminador, diretor, dramaturgo, professor, pesquisador e químico. Formado em Artes cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco, escreveu para o teatro vários textos que já ganharam a vida e os palcos: Maria de Magdala, Meninas de Engenho, Babilônia – aquela que você conhece e Batente, e de poesias reunidas na obra Lua, Olhos Negros e Serpentes, lançada pela editora Poesia Fã Clube e Desencontos lançado pela VillaLux em Recife. Sua última obra é a série de HQs A Noiva, em parceria com o ilustrador Thony Silas, que retrata, sob um olhar poético, a Revolução Pernambucana de 1817.

 

Conheça mais sobre A Noiva e outros trabalhos destes artistas nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Thony Silas Pro

 

O Recife Assombrado

 

21752228_1418270508248719_62848507092540138_n Capa-frente-menor

 

O Recife Assombrado foi criado em julho de 2000 para divulgar o imaginário assombrado pernambucano e incentivar a produção de narrativas baseadas nesse universo lendário. Em 2004, tornou-se o primeiro site a receber o certificado de “Amigo que Abraça as Causas do Folclore e da Cultura popular”, concedido pela Fundação Joaquim Nabuco. Também em 2004, a Aeti (Associação de Empresas de Tecnologia Internet) premiou o projeto como o melhor site de cultura de Pernambuco naquele ano. A partir dos conteúdos foram publicados livros, criados álbuns de histórias em quadrinhos, montadas encenações teatrais e proferidas palestras em escolas e universidades. O Recife Assombrado tem como missão tirar das sombras seres estranhos e aterradores, contar histórias medonhas vindas tanto dos mais remotos grotões do interior, quanto das esquinas silenciosas da metrópole, deixando de lado o racionalismo e a objetividade, em favor do inexplicável, do misterioso, do inominável. Por André Balaio e Roberto Beltrão

 

Conheça mais sobre O Recife Assombrado nas redes sociais:

Facebook

Instagram

Webpage

 

Milton Estevam

 

arte selecionados7 wonder_woman_and_superman_by_miltonwiller-d9e9ra5

 

Desenhista profissional de história em quadrinhos. Natural de Recife, Pernambuco, começou a carreira em fanzines no final de 1990, como Agakê e Marco Zero. Depois de um período participou de edições de quadrinhos nacionais, como na Prismarte, e na revista independente Brado Retumbante. Foi trabalhar para o mercado internacional, ingressou no Ed Benes estúdio, trabalhando nos títulos QUEEN SONJA, WARLORD OF MARS e LADY RAWHIDE para Dynamite Publisher, onde trabalhou até 2013.  Em 2014 e 2015 trabalhou no título ARGO 5 e também para a Crescente Comics Publisher. Atualmente está fazendo trabalhos para a editora Zenescope, em títulos como ROBYN HOOD e GRIMM TALES OF TERROR. E para Editoras independentes o título Side walks para uma editora da África do sul e The Prize para um cliente dos Estados Unidos. Para o mercado nacional, recentemente lançou as revistas Ink Lab e Prismarte – Amaro Camaragipe. Além de estar em pré-lançamento a Graphic Novel “Luto”, que será lançada pela Fundarpe – PE, através da lei de incentivo à Cultura ainda neste ano de 2017.

 

Conheça mais sobre Milton Estevam:

Deviantart

 

Fábio Paiva

 

WhatsApp Image 2017-09-30 at 12.50.14arte selecionados6

 

Fábio Paiva, doutor em Educação pela UFPE, trabalha com as relações entre HQs e Educação. Autor dos livros “Educação e Violência nas HQs de Batman” e “Histórias em Quadrinhos na Educação” (editora Quadro a Quadro).

Criou o EduQuadrinhos, que usa as redes sociais para aproximar os Gibis das práticas educativas.

Atualmente é professor na UFPE e na UNINASSAU.

 

Conheça mais sobre EduQuadrinhos em:

 

YouTube

Facebook

Instagram

 

Felipe Soares

 

arte selecionados10 Fe Soares 2

 

Felipe veio do mercado da animação, passando esporadicamente pela
ilustração editorial. Atualmente atua com animação em alguns projetos de série, faz commissions, trabalhos editoriais e storyboards para publicidade. É membro do canal do youtube “Segredos malditos”, e do “coletivo Criatura” para publicações e projetos de quadrinhos e ilustrações editoriais.

 

Conheça mais sobre Felipe Soares nas redes sociais:

Facebook

Instagram

 

Leonardo Santana (Leo Santana)

 

Leo-Santana Fausto - Capa

 

Leonardo Santana é roteirista e editor de quadrinhos Pernambucano. Começou produzindo roteiros curtos em zines como o Heróis Brazucas. Em 2004 ingressou na equipe que lançou a revista Brado Retumbante como roteirista da personagem Cabala. Posteriormente, passou também a ser o editor da revista até a sua saída no início de 2007. Através de seu trabalho em Cabala, ganhou, já em 2005, o 3º Prêmio DB Artes Independentes de Melhor Roteirista. Incansável e sempre procurando novos desafios, Leonardo seguiu publicando em diversas revistas e fanzines como Areia Hostil, QI, A Mosca no Copo de Vidro e Outras Histórias, FRONT e Prismarte, Clássicos Revisitados e Histórias d’O Recife Assombrado. Pela revista Prismarte, foi agraciado com o prêmio de melhor Roteirista nos anos de 2006 ,2007 e 2008 e de melhor hq no ano de 2007. Ainda em 2007, recebeu também o troféu de Melhor Roteirista no 1º Troféu Alfaitaria de Fanzines. Em 2012, ganhou o prêmio de Melhor Roteirista e de Melhor hq com a hq Abraços por R$ 0,50 na 12º Feira de Hq. Dentre as histórias que criou, destacam-se F.D.P., METRÓPOLES, RENEGADO 3000, AS NOVAS AMAZONAS, ANDRÔMEDA e EGOTRIP. Como editor independente produziu as revistas do BRADO RETUMBANTE, F.D.P. e SPACE OPERA Em 2010 ingressou de vez na P.A.D.A. (Produtora Artística de Desenhistas Associados) onde colaborou com hqs, organização de eventos em prol dos quadrinhos nacionais (Como a comemoração ao dia do quadrinho nacional em 2011) e como editor (Das revistas DO ALÉM e GRAPHIC PADA 1ZÉ GATÃO). Atualmente trabalha de forma independente e está produzindo os projetos PERNAMBUCO HOLANDÊS, mostrando a invasão holandesa a Pernambuco em 1630 e DIÁRIOS ITALIANOS, o Brasil na Segunda Guerra Mundial. Em outubro estará lançando a adaptação da obra FAUSTO, UMA TRAGÉDIA, de GOETHE para os quadrinhos pela editora Peirópolis.

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

1 Comentário

Tamara

3 de outubro de 2017 às 12:43Responder

Muito bom o post!!! Eu amei seu layout, estou apaixonada!! Estarei na cobertura da Bienal.
Parabéns pelo trabalho! Sucesso!

Bjs!

  1. *