5 livros sobre… Música

Alrely 07/27/2018

Oi genteee!!

Esse mês mais um post’ na tag: “5 livros sobre…” este mês indicarei livros referente a música! Basicamente artistas e suas histórias, claro não dá pra falar sobre diversos artistas e gêneros musicais, mas se você tem um livro que gostou bastante, pode comentar, deixar sua indicação! Selecionei algumas obras de ícones da música mundial.

COMMANDO_1357407196B

Comecemos com Commando de Jhonny Ramone, publicado em 2013 pela editora Arqueiro. Fundador de um das bandas mais influentes de todos os tempos e ícone do movimento punk, Johnny Ramone (1948-2004) conta toda a sua história e a dos Ramones em sua autobiografia. Criado no Queens, este garoto problemático – que não pensava duas vezes antes de atirar aparelhos de TV de telhados, arremessar tijolos em vidraças ou roubar senhoras idosas – encontrou no rock and roll a alternativa a uma vida sem perspectivas. Todos sabemos que Johnny Ramone não pegou leve na vida real e não faz isso no livro. Em suas poêmicas memórias, revela sua opinião sobre violência, avacalha ilustres colegas músicos, e conta a história de seu relacionamento com Linda, o amor de sua vida. Brutalmente honesto e sincero, esse livro conta a história da banda nas palavras de seu criador.

VIDA_1288556613B

Um dos guitarristas mais conhecidos do mundo, o mito Keith Richards escreveu Vida, publicado em 2010 pela editora Globo. O que é revelado surpreende até quem conviveu com ele, verdades até hoje não ditas, imagina para os fãs do Rolling Stones? Conta, de maneira crua e feroz, sua história, vivida de forma intensa no meio do fogo cruzado – desde a primeira infância, quando cresceu num bairro pobre ouvindo obsessivamente os discos de Chuck Berry e Muddy Waters, até o modo como levou a guitarra ao limite absoluto e uniu forças a Mick Jagger para formar os Rolling Stones. Com honestidade rasgada, Keith revela altos e baixos do rock’n’roll, a subida meteórica para a fama, as notórias prisões, as mulheres que teve, o vício em álcool e heroína. A lenda viva reconta como criou os solos envenenados que definiram Gimme Shelter e Honky Tonk Woman, seu romance com a infame.

MATEME_POR_FAVOR_15051840992451SK1505184106B

História definitiva e nunca antes contada sobre os anos 70 e a Blank Generation. Mate-me por favor narra o nascimento do que hoje chamamos de punk. Escrito por Gilliam McCaim, publicado em 2014 pela editora LP&m apresenta a explosiva história do mais incompreendido fenômeno pop, é uma história oral que possui todo o ritmo narrativo e a excitação de um romance. Em centenas de entrevistas com todos os personagens originais, incluindo Iggy Pop, Patti Smith, Dee Dee e Joey Ramone, Debbie Harry, Nico, Wayne Kramer, Danny Fields, Richard Hell e Malcolm MacLaren, penetra-se nos camarins e nos apartamentos para reviver o que começou nas entranhas de Nova York como uma pequena cena artística e se tornou um verdadeiro momento revolucionário da música.

VALE_TUDO_TIM_MAIA_1480884720843SK1480884720B

Vamos ao cenário nacional, um dos maiores nomes da música de nosso país já teve, Tim Maia. “Preto, gordo e cafajeste, formado em cornologia, sofrências e deficiências capilares”. Era assim que o cantor, que integrou o soul e o funk aos ritmos brasileiros, se definia. A partir de uma pesquisa assombrosa e de uma intensa convivência com Tim Maia, o jornalista e produtor musical Nelson Motta conta, no ritmo irresistível do rei do samba-soul, a sua história de som, fúria e gargalhadas. Vale Tudo foi publicado em 2014 pela editora Objetiva, e adaptado para filme lançado em 30 de Outubro de 2014, sem censura, restrições ou julgamentos, a história de uma das maiores vozes que já tivemos é resgatada em Vale tudo mostrando a paixão irreverência da vida eletrizante do cantor.

KID_VINIL_1447075795535679SK1447075795B

Impossível contar a história do rock nacional sem dedicar ao menos um capítulo a Antonio Carlos Senefonte, mais conhecido pela alcunha artística de Kid Vinil. Figura emblemática e fundamental na cena musical brasileira, tornou-se uma referência atuando nas mais diversas frentes. Artista, executivo de gravadora, radialista, jornalista, DJ, apresentador de TV e precursor de tendências: um sujeito multifacetado, que jamais se esquivou à missão de compartilhar o seu vasto conhecimento musical. Kid Vinil: Um herói do Brasil é uma biografia autorizada escrita pelo jornalista Ricardo Gozzi e pelo músico Duca Belintani, publicado em 2015 pela editora Edições Ideal.

Como já havia falado, existe inúmeros trabalhos biográficos de grandes nomes da música, mas escolhi os que já li e fazem jus ao gosto musical que tenho hoje, mas me indiquem!

Tweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook
Veja mais!

Comente

Comente pelo site ou Facebook

  1. *